quinta-feira, 2 de agosto de 2012


CIPRESTE

Rouquidão, Afonia. Cipreste

Para tratar a rouquidão ou a afonia, (e também para melhorar a voz de quem canta) os tratamentos tradicionais, (com REMÉDIOS CASEIROS que são os mais eficientes), fazem-se com erísimo, matricária (camomila), com chá de perpétuas roxas, chá de Agrimónia ou com chá de casca de cebola, entre outros. Porém, o tratamento mais eficiente (e rápido) que conheço para a rouquidão e afonia (ou para “afinar a voz”) é o CIPRESTE. O seu efeito nota-se em pouco tempo, sobretudo na rouquidão ou afonia.


O Cipreste, também conhecido como acipreste, ciprés (castelhano), ou Cupresus Sempervirens, a árvore que se vê nas fotos deste texto, é muito comum e fácil de usar.
Os melhores efeitos conseguem-se com a essência (óleo essencial), mas a tintura também resulta muito bem
(Eu até desconfio que é um bom tratamento para o ressonar...)

Como preparar uma tintura:
Colhem-se uns galhos ou as pinhas de Cipreste , lavam-se e colocam-se dentro dum frasco. Cobrem-se com álcool etílico ou com qualquer bebida muito alcoólica: aguardente, cachaça, rum, brandy, etc.
A tintura está pronta para ser usada no dia seguinte, mas fica mais eficaz, mais tintura, passados vários dias. Guarda-se assim mesmo e dura anos.
Para a rouquidão ou afonia tomam-se 5 ou 6 gotas desta tintura numa colher de sopa com água, sumo ou chá, quando necessário. Em pouco tempo, horas, no máximo, nota-se a diferença (uma grande diferença).
Pode-se repetir o tratamento duas ou três vezes ao dia.

Para "cuidar" a voz de quem canta e para os problemas de garganta também se usa:
Para a Garganta: Gengibre com mel.
Eis uma receitinha boa para "abrir" a garganta, principalmente nos dias frios:
cortar gengibre bem fininho (em pedacinhos pequenininhos) e colocar num frasco de vidro. A seguir cobre-se todo o gengibre com mel. Com o passar dos dias, esta mistura fermenta e faz milagres a cuidar da garganta!


Voltemos ao Cipreste e às suas propriedades como remédio caseiro (copiado DAQUI):
Pelo seu conteúdo em taninos posssui propriedades adstringentes, antidiarreicas, vasoconstrictoras, antihemorrágicas.
É tónico venoso, protector dos capilares (leucoantocianinas, catecol, taninos), antihemorroidal (leucoantocianinas, taninos catéquicos, tuyona).
O catecol confere-lhe acção antiinfecciosa das vías respiratorias, antipirética, antitussígena (ou antitíssica), antiespasmódica, inhibidora do parassimpático e certa actividade estrogénica.
Os rebentos tenros possuem 0,2% de essência rica en pineno, canfeno, terpineol e cedrol que lhe proporcionam acção antiespasmódica.
Usa-se en trastornos venosos como hemorroidas, varizes, metrorragias, menopausa, etc.
Também se utiliza, com êxito, em transtornos de próstata e em enuresis

Nenhum comentário:

Postar um comentário

eu hoje!!!!

eu hoje!!!!

SER FELIZ

SER FELIZ
APESAR DE TUDO ...SER FELIZ

glamour!!!!!!!!!

glamour!!!!!!!!!